Canais Tv aberta podem sair da TV paga

TV ABERTA

 

Diversos canais abertos estão se juntando para uma causa em comum: cobrar das operadoras para terem seus sinais nas operadoras de TV por assinatura. Sendo assim, as operadoras como SKY, NET, Claro TV e todas as outras teriam que pagar uma taxa para poderem disponibilizar aos seus assinantes os canais.

Os canais abertos lutando por essa causa são: SBT, Band, RedeTV! e Record. Elas querem serem pagas ou por canal, ou pelo pacote dos quatro canais abertos. Um dos argumentos é que eles deviam receber das operadoras pelo sinal assim como os outros canais pagos, já que eles (canais abertos) representam 65% da audiência da TV por assinatura. Esses canais fechados recebem um valor determinado por cada assinante.

Algumas estimativas sugerem que a Globosat, a detentora de diversos dos canais mais populares na TV paga, recebe cerca de R$10 ou R$12 por mês por cada um dos 17 milhões de assinantes. Ela é detentora de canais como os populares SporTVs, GNT, Multishow e outros presentes na TV paga. Apesar de não termos o valor exato de quanto é recebido pela Globosat, deve girar no já especificado acima, o que representa um rendimento bem acima de R$100 milhões por mês.

Ao que tudo aponta, os quatro canais abertos estão bem sérios e irão fazer de tudo conseguir receber a compensação por ter seus sinais na TV paga. Parece que existe até a ameaça de retirada dos sinais caso não consigam chegar em um acordo com as operadoras.